Curte aí...

domingo, 8 de agosto de 2010

Gafe.


Este é um fato verídico. Qualquer semelhança com a realidade não tem nada de coincidência. Nomes reais foram mantidos para melhor compreensão da história.


Dia dos pais. Almoço de família. Na copa estão: meus pais, meus padrinhos, minha irmã, minha tia avó de 78 anos e a filha dela. Minha tia avó se chama Dylva. Lê-se Díuva. Comíamos macarronada. Estávamos todos em silêncio, comendo. Todo mundo estava de boca cheia, e como educados que somos não falamos de boca cheia. Realmente não me lembro como começou ou de onde surgiu a conversa. Alguém (acho que foi a minha mãe, isso é bem a cara dela) brincou com o nome da minha tia avó, trocando o acento de DÍUVA para DIÚVA. Diúva. Di uva. De uva.

Eis que do nada eu batuco e canto: "Chupa, chupa que é DIÚVA, chupa que é DIÚVA!"

Tamanha a cara de espanto do meu pai me reprimindo, tamanha a gargalhada que minha prima e minha irmã soltaram na hora. Eu fiquei muito vermelha mas não aguentei a gargalhada. Saiu de forma tão espontânea que não deu pra segurar...

Moral da história:
1)Ainda bem que ela é meio surda e nem ouviu a musiquinha.
2)Eu perco a tia avó mas não perco a piada.
3)Os treinos de improvisação estão fazendo efeito.


Ass: Bella Marcatti.

6 comentários:

Paula Brandão disse...

tia avó foi engraçado demais....que formal..ah nemmmmm......hahahhahaha....filha dela sou eu...sua priminha...hahahahah hahahahhahaha affff....beijos

Bella Marcatti disse...

É formal mas é verdade. Ela é o quê minha? Minha tia avó. E vc, minha prima de 2o grau, pq na verdade vc é prima do meu pai!

Laços de família... Hehe!!!

Rafhael disse...

Hahahahaa!
Rii mto desse fato seu Bella, seu blog como sempre mto interessante...gosto muito de passar por aqui e ver o que você escreve! =]

Bella Marcatti disse...

Obrigada por ler, Rafhael! Seja muito bem vindo e volte sempre!

Beijo!

Lander disse...

Brabuletaaa! Olá!! Senti saudadeee, acredita!!??rs
Deu para perceber o frenesi por postar aqui? Imagina, não é? Sutilíssimo..rsrs

Mas que bendita gafe einh??rsrs
O pior é que certamente eu faria a mesma coisa em uma mesma situação..rsrs POis não gosto de perder a piada..

Jackson Lander.
O curioso foi que meus olhos se fixaram logo no "Chupa!!Chupa!!Chupa que é de UVAA!!"(pelo destaque) antes que lesse o post. E quando comecei a ler do princípio eu imaginei a situação do almoço e, que, de repente, passasse um carro com um som 2x mais valioso que este tocando tal música...e havendo essa constrangedora coincidência com o nome de sua TIa Avó; mas a versão oficial da situação foi mais engraçada e, "pior", verídica..kk

Ah..eu sei bem o que é um constrangimento por GAFES...elas fazem parte da minha rotina. Se me permite contarei um acontecimento recente: Estava eu na porta de casa tranquilo, lavando o carro do meu pai e conversando com o vizinho da casa da frente. Foi quando surgiu uma simpática senhora, também minha vizinha, passeando com o netinho. Acontece que ela tem dois netinhos, um é filho de um colega meu e o outro é da irmã desse mesmo colega. Eis que essa senhora passeava com o neto filho da filha dela, enquanto eu pensei que era o filho do meu colega. Ela parou perto da gente, nos cumprimentamos, mexemos com o garoto e eis que solto a seguinte gafe: "__Ah!!! CadÊ o safadão do papai dele einh? CADÊ??cadÊ??".
Explicação da gafe: logo que ela foi embora o meu vizinho me censurou: "vc é doido!! o Pai do menino desapareceu quando soube da gravidez!!N assumiu."
Nossa, só não cavei um buraco ali mesmo para esconder minha cara pq era asfalto..kk
Apesar o constrangimento e saia justa do momento, pelo menos é legal p contar para os amigos depois, como agora..rsrs
Um beijo enorme a vc, Bella Brabuleta.

Bella Marcatti disse...

Hahahahahaha! Eu ri alto quando li a sua gafe. Imaginei a cara da vó do menino, completamente P da vida pelo comentário infeliz! Hahahaha, essa gafe acho que foi pior do que a minha, vc pode ter traumatizado o menino para sempre!

Mais uma vez obrigada por passar por aqui e compartilhar um momento.

Beijos!