Curte aí...

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Euluarada...

Vai tudo indo muito bem. Tudo no seu lugar, o destino colocando as coisas no meu caminho do jeito que ele acha que é certo e eu automaticamente acredito que realmente é. Em todos os aspectos, tudo nos conformes. Saúde mais ou menos como sempre foi, trabalhos desafiadores incrivelmente fantásticos surpeendendo a todos e a mim mesma como sempre foi. Pessoas aparecendo e fazendo diferença incrível na minha vida, outras pessoas que já apareceram em outras épocas se mostram não tão essenciais e vão desaparecendo pouco a pouco sem fazer nenhuma diferença. Começo a frequentar lugares novos, diversão garantida na maioria das vezes. A minha aparência é e não é a mesma, tem dias que me acho mais bonita, tem dias que me acho mesmo muito feia, mas o fato de aparecer com certos vestidos em certos cartazes atraiu alguns interessados, e isso de certa forma mudou alguma coisa internamente, ego é uma coisa que todo mundo tem e o de ninguém é de ferro, eu posso apostar. O meu também não é, acreditem. Diz a minha numerologia do ano 2009: "Você sairá muito pra se divertir, portanto saia sempre bem vestida e com as melhores pessoas." É, eu estou tentando, diga lá a minha conta no banco com as minhas idas ao shopping uma vez ao mês. Tudo nos conformes, sim. Tudo indo, sim. Como sempre foi. Ou quase sempre.

E por que mesmo com tudo assim, do jeito que tá, eu ainda sinto uma angústia incrível todos os dias? Começa no final da tarde e vai só piorando. Tem uma pausa na hora da novela das 9 que eu amo de paixão ver o meu amor e depois volta tudo de novo... Não durmo cedo, fico na frente do computador sem saber o que fazer, pulando entre Orkut, MSN e Twitter. E quando faltam as pessoas, fico mais nervosa ainda. Escrevo na agenda, escrevo no blog, escrevo no Word tentando desabafar, mas num dá. Pego o celular, leio algumas mensagens antigas, esboço algumas outras mas apago sem enviar ou simplesmente aperto o vermelho e o próprio celular salva a mensagem na pasta de rascunhos. Leio essas também, da pasta de rascunhos, e morro de rir pensando em como um dia pude ter a capacidade de esboçar certas e erradas coisas pra certas e erradas pessoas.

Hoje é um desses dias. Tudo muito bom, tudo muito bem... Até chegar a angústia. Mas hoje teve motivo, foi uma história que eu ouvi no final da noite com o coração acelerado e uma frase que gelou e esquentou tudo ao mesmo tempo aqui dentro. Não voltei ao normal, não consegui disfarçar, não consegui mais brincar e nem sorrir direito. Apelou? Não. Tá puta? Não. Tá com raiva? Não. O que você tá pensando? Nada. Pasma. Pasma. Pasma.

Reveillon? Que tal na lua? Lá é tudo tão mais azul. Eu, minha cama, meu edredon de florzinhas que eu tanto adoro, as músicas que estou ouvindo agora, um caderno, uma caneta e a certeza de que vai passar. Vai passar o ano, vai passar a angústia, vai passar o problema, vai passar a lembrança dessa frase e vai ficar... vai ficar... vai ficar tudo bem. Tudo nos conformes, no seu devido lugar.

Ass: Sara Maionese.


6 comentários:

Rafael Mazzi disse...

Tenho palnos para o Reveilow...hihihihihihihih...beijim !


=)

nandinhacamisasca disse...

ô prima, essa angustia é capaz de tantos pensamentos negativos e malucos que nossa senhora .. não pode deixar que ela tome conta do seu ser todos os dias com hora marcada na na ni na não..

tá, sei que falar é tããão fácil e que transformar em realidade é tão difícil.. mas você precisa encontrar ALGO, QUALQUER COISA que ocupe o seu tempo, a sua cabeça e seja lá o que for que consiga te tirar desse momento..

Aah nem me fale em reveilon.. não tenho planos e nem dinheiro para nada! Se a Lua for de graça, eu tô embarcando!

te adoro e conte sempre comigo..
beijos da sua prima canguru que está a ponto de explodir!

Bella Marcatti disse...

A gente é muito boa pra falar né. Eu acabei de te dar uma bronca contra ansiedade no orkut e tô aqui hoje na mesmíssima situação de ontem. E vc me dá uma lição dessa mas deve estar saltitando por aí que nem um canguru-grilo-sapo-nãolembreidemaisnenhumbichoquepula.

O importante é a gente tentar se ajudar da maneira que der né... E estarmos sempre juntas! Obrigada por tudo!!! Te adoro tb. Beijos!

nandinhacamisasca disse...

o lance é tentar colocar a teoria em prática, mesmo que seja nas outras pessoas.. hauahauha

Por que eu vou te dizer, é FODA fazer com que o corpo obedeça a razão!

Beeeeeeeeijos

Flávia disse...

Uhuuuuuuuuuu!!!!
Na lua deve ser legal! Vou com você para comemorar a sua entrada na minha vida em 2009!!!!
Trate de no final do dia começar a fazer outras coisas que não ficar em casa e quem sabe a angústia vai embora?!
Vou bater nessa angústia, pode?!
Beijos

Bella Marcatti disse...

Vamos, vamos bater nessa angústia chata cara de meleca! E vamos pegar um foguete pra lua e vamos comemorar nossas entradas em nossas vidas no ano 2009 e pedir boas "entradas" no ano novo!!! Ê!!

Beeeejo