Curte aí...

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

TRAILER

JULIE & JULIA

"Julie & Julia" intercala a vida de duas mulheres que, apesar de separadas pelo tempo e pelo espaço, estão ambas perdidas... até descobrirem que com a combinação certa de paixão, coragem e manteiga, tudo é possível.


Vi esse filme hoje no cinema. Bem bacaninha, mas não só pela história legal e pela atuação fantárdiga de Meryl Streep. Além das cenas maravilhosas de comida que me deixaram com água na boca, eu saquei algumas coisas pra mim.

A Julie nunca conseguia terminar nada na vida. Era uma pessoa do tipo sem objetivos, sem planos, sem coragem, mas a cabeça dela fervia em ideias. A iniciativa do projeto 524 receitas em 365 dias veio como um desafio inesperado, e de maneira meio desesperada, Julie mergulha de cabeça e não desiste até chegar ao fim. O blog é um incentivo a mais, a necessidade de dividir com desconhecidos a suas experiências não só na cozinha, mas também na vida pessoal. O projeto torna-se um grande aprendizado e um grande crescimento pra ela no final das contas.

Onde eu entro nisso? Caramba, acho que pouquíssimas e raríssimas vezes consegui terminar algo que comecei, pouquíssimas vezes mergulhei de cabeça em algum projeto meu. Será que num tá na hora?? E quanto ao blog. O meu blog pode até ser vazio em conteúdo, no sentido de contar a minha vida e meus pensamentos retardados, mas pelo menos eu divido. Com conhecidos ou desconhecidos... Tudo bem que eu não faço sucesso, às vezes sinto que tô escrevendo pro vácuo, nem pra mim mesma eu me sinto escrevendo algumas vezes, mas enfim. Já é um começo. Eu tenho um blog, né! (Se você está lendo esse blog, por favor, pelo menos hoje, deixe um comentário? Só pra eu saber que alguém leu, só hoje! Nem precisa assinar...)

E os maridos. O que são os maridos dessas mulheres no filme? Maridos maravilhosos, companheiros, amigos, parceiros, apaixonados, meu Deus, isso existe mesmo? Isso eu só fiquei pensando... Eu quero é um desse pra mim. (Se você está lendo esse blog e se sente capaz de ser meu marido exemplar, por favor, pelo menos hoje, deixe um comentário? Só pra eu saber que você existe, só hoje! Por favor, não deixe de assinar...)

Ass: Sara Maionese.

11 comentários:

nandinhacamisasca disse...

Pois eu leio todos os posts e deixo recadinho em praticamente todos deleees..

aaaah

e eu tô querendo muito ver esse filme.. esse e outros que estão em cartaz!!!!
SE Deus quiser a partir de amanhã vou curtir todos meus momentos de lazeeer.. hahaha

Beijos priiiima

Bella Marcatti disse...

Vamo no cinema então!!! Êêêê!!!

Bruno disse...

Eu acho que poderia ser um marido desses, se já nao fosse comprometido haha Mas não tenho dúvida de que você merece o melhor marido do mundo. Você é demais Estorvinho da minha vida! Ah .. e quando for cozinhar ... coloca manteiga!
BEIJO!

Nara disse...

Os maridos incríveis? Onde estão? Eu não sei...

Mas que los hay, hay.

Um beijo, amiga escritora! O seu blog tá o máximo.

PS: me convida pra ir ao cinema? =)

Jr disse...

Bem, pediu para deixar um comentário... Eu deixo... Hehehe

Bu disse...

Alguém lê...

albavila disse...

Olá. Eu li. (vou deixar registrado em todos que eu ner a partir de agora) =P

Flávia disse...

Kkkkkkkkkkkkkkk!!!!
Peça rara!
Adoro a forma que escreve, sou fã e sigo seu blog sempre, você sabe disso!
Beijos

Vilarino disse...

já experimentou que interessante que é ler coisas que vc escreveu a muito tempo? vc consegue o retrato perfeito do que lhe ocorria naquela epoca... é um super recurso mnemônico... mas as vezes vc vai pensar.. nossa olha que retardado que eu era... rs

Anônimo disse...

Isso é uma audição de possiveis namorados?
Onde eu me inscrevo?!

Bella Marcatti disse...

@Bruno: Isso é o que mais acontece!! "Você é perfeita, merece o melhor, o melhor sou eu, eu sou perfeito. MAS sou comprometido." Assim não vale, né Estorvo!? Fico só na vontade!! Rsrs!

@Nara: Vamos ao cinema, vamos chorar a ausência de maridos incríveis. E vamos manter a esperança: que los hay, hay.

@Albane: Minino, eu já testei isso de ler coisas antigas. É exatamente o que vc disse! Um misto de "óh como eu tava pensando naquela época" com "putz, como eu era retardada!". Mas faz parte do aprendizado né! Obrigada por ler sempre!

@Flávia: Vc é demais, Gêmula, obrigada por ler e ser fã dessas bobagens! Hahahahaa!

@Bu, Jr: Obrigada!

@Anônimo: Uai! Pode ser uma audição... Inscreve aqui mesmo!! Hahahahaha!!

VALEU, GENTE!