Curte aí...

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Vou-me embora pra São Paulo

Vou-me embora pra São Paulo
Lá sou amiga da Bete Dorgam, do Cris, da Gabi, da Helena, da Pri, do Rafa, da Aline, do Lucas, da Paula, do Arivon, do Marco Túlio, da Bia, da Bia, do Oshiro, da Simone, do Gerson, do Yohannes, da Sarah, do Igor, da Joice, do André, da Vera, da Michelle, do Rodrigo.
Lá tenho a comida que eu quero
Na cama de casal do Hotel Bali.

Vou-me embora pra São Paulo
Vou-me embora pra São Paulo
Aqui nessa roça não tem como ser muito feliz
Lá andar de metrô é uma aventura
E tomar tequilas de tal modo inconsequente
Que Marco o louco do Quintal
Improvisador e palhaço demente
Vem a ser o proponente
Da bebedeira que nunca tive.

E como farei alongamentos e massagens
Andarei de fusca
E se ele empacar como um burro brabo eu empurro
Subirei um andar
Tomarei banhos de chuveiro quente com uma gota gelada no meio!
E quando estiver cansada
Deito na cama de casal do Hotel Bali
Ligo no canal gospel da TV de 14 polegadas
Sem volume
Que eu nunca tive paciência pra ouvir
Então nem venha me contar
Vou-me embora pra São Paulo

Em São Paulo tem tudo
É uma civilização
Tem o taxista Seu Rocha
Que faz desconto pra mim
Tem telefone no quarto onde todo mundo me acha
Tem rádio 89 à vontade na caixinha de som na parede
Tem um menino
Que eu queria namorar.

E se um dia eu conseguir ficar muito triste
Embora eu ache que isso não seja muito possível lá
Quando de noite me der
vontade de comer um petit-gateau
- Lá sou amiga do Gui -
Terei o menino que eu quero
No restaurante que escolheremos depois de muita indecisão, e no fim das contas deve ser o Balcão
Vou-me embora pra São Paulo.

Ass: Bella Marcatti.

4 comentários:

Arijon disse...

que fofoooooo...só queria saber quem é o tal de Arivon...seria uma mistura de Arijon com Ronnie Von? hehehe

bjokas

Bella Marcatti disse...

Hahahahahaha! Ai, Arijon, desculpa! Eu sabia que tinha alguma coisa errada. Que seu nome era Ari alguma coisa... Aristides, Ariosvaldo, Aricledes... Arivon foi o mais próximo da realidade que encontrei. Mas o que vale é a intenção? Né!?

=O)

Fidirico disse...

Fantástica a sua versão!

Reginaldo Ramos de Lima disse...

Realmente, São Paulo tem a comida cacher, o Pinati, o All Kosher, a livraria da Vila, a Sêfer ... as sinagogas, sebos, muitos sebos, onde estão os livros que sempre sonhei lê-los ou tê-los em meu quarto.

Lá,sou amigo do rei...