Curte aí...

sábado, 25 de outubro de 2008

Festa Surpresa!!!!

Pra quem ainda não sabe, dia 28 próximo, terça feira, é meu aniversário!! E o pessoal lindo da minha sala do TU se precipitou e eu ganhei uma festa surpresa ontem!!! Muito legaaaallll!!!

Depois da aula, todo mundo lesado. Pra variar, mais uma bronca do diretor. Saí procurando uma carona, um jeito pra voltar pra casa... tava num desânimo, meio puta com a aula, com a bronca, enfim... Me vendaram.


Me colocaram num carro. Que acelerava, freava, fazia zig zag pelo caminho. E que caminho... A lonjuuuura que não chegava nunca! Esguicharam perfume em mim, me lamberam, me morderam, me arranharam, me sopraram... Um monte de sensações! Me deixaram presa no carro vazio um tempão. De vez em quando vinha alguém me cutucar. Balançar chaves ou esfregar moedinhas perto dos meus ouvidos.

Júlia teve a bondade de me tirar do carro, depois de me deixarem trancada lá dentro com o alarme ligado e coisa e tal. Me deitou num colchão e me deu a mão. Ficamos um bom tempo cantando músicas de nossas infâncias. Amo Júlia, porque ela sabe ser que nem eu. E Camilla se aproximou, ficamos falando bobagens... Bobagens que não vem ao caso. Não mesmo!!!

Gregório perguntou se eu estava cansada de ficar no escuro. Me levou pra cozinha, tirou a minha venda e ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!! Lá estavam todos os meninos da sala, de gravata e gel, tudo à luz de velas e uma mesa posta com uvas e amendoins japoneses! Vinho tinto no copo lagoinha... Esses meninos são uns brilhos. Evandro ficou tocando flauta, Rafa puxou a cadeira para eu me sentar e me fez uma massagem, Gregório sentou-se comigo à mesa e Miguel me serviu vinho. Entraram as meninas e... PARABÉNS PRA VOCÊÊÊÊÊÊÊ...!

E tava todo mundo lá!!! Todo mundo da sala, com os respectivos namorados, me achei muito importante, muito querida e amei tudo!!!

Brasil me deu uma blusa linda e nós dançamos e tiramos fotos de adolescentes em festas e comemos bolo com leite condensado com a mão.

Tutuco chegou bem tarde, mas chegou e acabou de completar a minha alegria.

Cheguei em casa às 4 da manhã, e meu pai brigou comigo. Pra variar. Eu disse que tinha ganhado uma festa surpresa e ele não acreditou, porque ontem era dia 24 e não dia 28.

2 comentários:

Nandinha disse...

Posso saber porque os nossos pais são mestres em não acreditar no que dizemos?
Mas que coisa!!!

Imagino a farra que não foi essa sua festa a fantasia! hahah
Empolgante!!

Bella Marcatti disse...

É mal dos Camisasca, tristeza sem fim! Mas eu nem ligo mais não, abstraio!

Foi ótimo mesmo, uma grande farra, sem contar as gracinhas dos meninos todos arrumadinhos pra mim, né!