Curte aí...

sábado, 16 de agosto de 2008

EU SOU A BARBIE!


Hoje eu avisei aqui em casa que eu ia ganhar um cachorro de aniversário. Mentira isso, eu só queria sondar a possibilidade. Já tem um bom tempo que eu tô querendo um bicho qualquer, um gato ou um cachorro, quem sabe uma calopsyta, ou um peixe idiota que não faz nada. Eu me sinto sozinha na minha casa, e ano que vem, quando a minha irmã casar e mudar eu vou ficar mais sozinha ainda. E eu quero mesmo por vários e tantos motivos. E meu pai já cortou completamente a possibilidade dizendo que se entrar um bicho aqui em casa ele vai voltar com ele pro lugar de onde ele veio, e que ele odeia todos os bichos do universo. Aí eu aprofundei na coisa e fiquei pensando...

QUE MERDA DE CRIAÇÃO ESSA QUE EU TIVE!


Eu nunca brinquei na terra, nunca andei descalço pra não sujar o sofá e as roupas de cama, nunca sujei os meus lindos vestidos cor de rosa, nunca pude falar palavrão, nem fazer as coisas na hora que eu queria. Nunca pude despentear os cabelos e trocar as roupas das minhas bonecas, para não estragá-las. (Elas estão guardadas nos armários até hoje, nas respectivas caixas, como novas). Nunca tive um velotrol ou uma bicicleta, a minha cama é cor-de-rosa até hoje e a minha mãe não me deixa sair de casa sem pentear os cabelos até hoje. Aqui em casa a faxina é sempre no sábado de manhã, as roupas de cama são trocadas a cada 15 dias, as roupas são lavadas todas as sextas e passadas no domingo. E quando o banheiro é lavado ninguém entra nele pra não sujar a privada. A minha mãe me xinga quando acha fio de cabelo meu no chão. Música alta nem pensar. Sentar na cama com roupa da rua não pode. Tem hora pra comer e pra tomar banho, senão faz barulho depois das 22 horas e isso não pode. Nunca tive bicho nenhum, (Mentira, eu tive um peixe chamado Kelly que pulou do aquário, não aguentou o clima de bunda da minha casa, com toda a certeza). Tipo assim, eu fui criada como uma completa imbecil!


Sim, eu sei, eu sou uma lady, a Sandy!! Completamente doce e meiga, e simpática e educada por causa dessa minha criação, mas eu me sinto tão limitada, e isso eu só percebo agora, entende? Só agora eu percebo como essa minha ansiedade e as minhas incríveis e abomináveis dores de cabeça vêm dessa criação onde tudo o que eu faço precisa ser perfeito e lindo sempre. E eu não tô afim de arrumar o meu quarto agora. Eu tô afim de arrumar a minha vida agora. Só não sei por onde começar.

E sim, o rosinha é em homenagem a mim.

PS: Até a Barbie tem um bichinho.

2 comentários:

rafha_ventura disse...

'Sou a Barbie Girl, se você quer ser meu namorado, fica ligado!
Presta atenção na minha condição... É diferente, sou muito exigente!'

Anda, Barbie! Vamos, Barbie!

:P

Bella Marcatti disse...

Deixa eu me arrumar, Ken!! Já vo-ou, já vo-ou!

Afffff!!!!

:0)