Curte aí...

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Neurótica?

Ontem foi assim: Estávamos no Pólos, um programa da faculdade de Direito, onde eu trabalho. Estávamos esperando o Limão, nosso diretor descer para começarmos o trabalho. Eis que me aparece uma figura muito alinhada com uma cara bem arrogante, um coroa, desses professores de faculdade de Direito, que não sabe nem o que é ser feliz na vida e acha que pode sair falando o que quer com os outros. Enfim, ele entrou sem pedir licença, sentou sem pedir licença e perguntou se tinha alguém ali que poderia ajudá-lo a ensaiar duas crianças pra um evento sei lá das quantas. Aliás, que poderia não... ele já estava afirmando que alguém ali ia ajudá-lo, ele só queria saber quem. Ficamos calados, afinal, trabalhar de graça e ainda por cima com essa nossa falta de tempo, é loucura. O tal cara chamou a gente de preguiçosos, como se já tivesse liberdade para tal. E disse que no tempo dele era muito diferente, que deveríamos trabalhar 24 horas por dia, e que estávamos com má vontade com ele... e eu lá quero saber como eram as coisas no tempo jurássico? E eu, pra amenizar a situação fiz a infeliz piadinha, dizendo que era falta de tempo mesmo porque vida de artista não é nada fácil. Rá. Pra quê... sabe o que o fédaputa do cara me disse? Deu uma risada bem cínica e disse assim: "Todo artista é neurótico assim que nem você?" Ó procê vê que cara de pau! Nem me conhece, nem nunca conversou comigo na vida e vem me chamar de neurótica? Ah... tomar banho!! Só ali eu já deitei na cadeira e comentei com Tutu: Se ele é tão ativo, ele que ensaie os pirralhos dele... E naquele momento eu jurei pra mim mesma que não ia fazer nada praquele babaca. O cara perguntou quem era o "chefe" ali, e alguém respondeu que ele já estava chegando. E chegou. O velho ativo e bem sucedido perguntou a ele se poderia enfim ajudar a ensaiar os meninos e o Limão, doido da cabeça, dando uma de agradável, respondeu: "Com o maior prazer". O cara olhou pra gente e disse, com ar de superioridade: "Viu?" e saiu com um sorrisinho ridículo no canto da boca.

Rá... mal sabe ele que uma hora dessas o Limão já se esqueceu da promessa que fez, e que em agosto, quando tiver que fazer isso, já vai estar com mil outros compromissos e vai jogar a responsabilidade toda para nós. Mas como isso não tem nada a ver com o Pólos e eu não costumo trabalhar de graça pra gente estúpida e neurótica... eu não vou topar. E ele vai ter que ensaiar os meninos sozinho!!! Mmmuuuuaaaahahahahahhahaha!!! (Risada maléfica)

2 comentários:

TRUPE.DE.RISCO disse...

Nossassinhora que amor de tutu!

TRUPE.DE.RISCO disse...

Gosto desse cabelo natural...